Entrega no Hospital Laureano em Março 2015




Quando o dever social é amor



Pediatria do Hospital Napoleão Laureano





Há quem diga que vivemos em um país que não lê. Que vivemos em uma sociedade que não valoriza a leitura, e não sei mais o quê, não sei mais o quê ... blá, blá, blá ...
Mas a verdade é que há uma pergunta complicada de responder; quem cumpre o seu dever social? Quem é que além de reclamar, faz algo para modificar qualquer situação? Alguém se habilita?
Todos queremos uma sociedade mais humana, digna e sem violência, entretanto, a maioria não sai do seu conforto, nem faz nada para cumprir o seu papel de cidadão, todavia fala-se em milhares de problemas sociais. Como sempre, repetimos aqui uma frase que não nos pertence:


Palavras não mudam o mundo, o que muda o mundo  são as suas atitudes. Então faça alguma coisa por um mundo melhor, e você brevemente terá esse mundo.




Ler também é sonhar, e esses pequeninos precisam viver sonhos lindos ...







Ruthy Cardoso e Analide na pediatria.







As mães ajudam as crianças a escolherem os livros ...



O sorriso no rosto da mãe é um presente ...






Ruthy Cardoso e uma princesa linda ...







Gerar uma relação de afeto entre a criança e o livro, entre o paciente e a leitura faz toda diferença...







É muito amor ... não dá para descrever ...







Esta é Priscila, voluntária da pediatria. (Analide e Ruthy Cardoso) 







Equipe da recepção.

 Obrigada por nos receberem!




A voluntária mais linda, fofa, amada, e amável desse mundo:  Ruthy Cardoso. Obrigada por tudo!


OBS: Para empresa Papaleguanet o nosso muito obrigada pelo apoio e companheirismo ao nosso projeto!

Para vocês que nos enviam cada doação, muito obrigada! Cada sorriso no rostinho dessas crianças é de cada um de vocês que se tornou um anjo literário.


Dever cumprido com amor!


3 comentários:

  1. O ato de amar é eterno e só pode ser confirmado através de atitudes. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nyedja Pinto, é graças a pessoas como você que esse projeto tem dado certo. Obrigada pelo apoio sempre!

      Excluir